Cecan recebe o título de Honra ao Mérito quinta-feira

O Centro de Convivência e Apoio ao Paciente com Câncer (Cecan) será homenageado pela Câmara de Mogi das Cruzes com o título de Honra ao Mérito, em reconhecimento aos seus 11 anos de trabalho na cidade em prol das pessoas que enfrentam o tratamento da doença e seus familiares. A homenagem à entidade será outorgada em sessão solene que será realizada na sede do poder Legislativo mogiano nesta quinta-feira (5), a partir das 20 horas.

Presidido e fundado pela médica hematologista Rachel Breviglieri, o Cecan é uma entidade sem fins lucrativos que, por meio do voluntariado, oferece aos pacientes com câncer e seus familiares, apoio emocional, encorajamento e reabilitação psicossocial para enfrentar a doença. Este trabalho é realizado no espaço de convivência na sede da entidade, no Jardim Santista. “São oficinas de coral, pintura em tela, artesanato, atendimento psicológico, social e jurídico, passeios, entre outras atividades, que movem o nosso trabalho, afinal, quando o paciente tem o diagnóstico de câncer, sua rotina e de toda a sua família fica desestruturada. E o nosso objetivo é auxiliar estas pessoas a enfrentar a doença”, explica Rachel.

Para manter o atendimento às 210 famílias, o Cecan realiza bazares de roupas, sapatos e artesanatos, almoços beneficentes, participa do programa de nota fiscal paulista e conta com o apoio de empresas, subvenções e emendas parlamentares. O Instituto Paulista de Cancerologia de Mogi (IPC) é o principal mantenedor. Além disso, as famílias recebem cestas de alimentos e de suplementos alimentares.

“Esta homenagem, na verdade, é um reconhecimento ao incansável trabalho que desenvolvemos há 11 anos nesta grande família chamada Cecan. Nossa equipe não mede esforços para levar um pouco de conforto às famílias que passam pelo momento difícil de enfrentar o câncer. Em nome de todos os voluntários, agradeço imensamente este título de Honra ao Mérito”, relata Rachel.

Agora, o Cecan luta para conquistar uma nova sede e atender mais famílias. “Nosso espaço já está pequeno para tantas atividades. Queremos que mais pessoas desfrutem do nosso trabalho”, finaliza. Atualmente, 112 voluntários atuam em diversas áreas do Cecan.05